Institucional/ Quem somos

Principais Linhas de Pesquisas

• Estatística sobre o Mercado de Trabalho em Saúde;

• Aspectos legais;
• Educação e treinamento;
• Produtividade e qualidade dos serviços;
• História do mercado de trabalho em saúde;
• Governabilidade e conflitos no trabalho;
• Tendências demográfica, social e política
Equipe
Objetivos da ROREHS

• Monitorar os fluxos da oferta e demanda a força de trabalho do setor e das ocupações de saúde (formação, empregos e salários);

• Analisar o desenvolvimento das estratégias e metodologias de formação e capacitação de recursos humanos em saúde;

• Acompanhar o processo de mudanças das relações e trabalho e emprego no Setor Saúde;

• Desenvolver estudos, metodologias e indicadores que possibilitem a avaliação da eficiência, eficácia, efetividade e segurança do trabalho em saúde (produtividade, qualidade dos serviços);

• Fomentar o desenvolvimento de mecanismos de gerência a força e trabalho especialmente nos aspectos relativos a contratação, remuneração e incentivos;

• Acompanhar as demandas da regulação e exercício profissional e das ocupações na área de saúde.

Apresentação

A Rede Observatório de Recursos Humanos em Saúde é uma iniciativa do Ministério da Saúde, em conjunto com o Programa de Cooperação Técnica da Representação da OPAS/OMS no Brasil. Atualmente Coordenada pela Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação em Saúde do Ministério da Saúde, a Rede compõe um projeto de âmbito continental da OPAS, já implantado em vários países da América Latina.

O propósito geral da Rede é produzir estudos e pesquisas, bem como propiciar o mais amplo acesso a informações e análises sobre a área de recursos humanos de saúde no País, facilitando melhor formulação, acompanhamento e avaliação de políticas e programas setoriais dessa área. Além disso, espera-se que a Rede também contribua para o desenvolvimento de processos de controle social sobre a dinâmica e as tendências dos sistemas de educação e trabalho no campo da saúde.

A Rede é composta por Estações de Trabalho formadas por instituições de ensino, pesquisa e serviço, que juntamente com a Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde e o Programa de Recursos Humanos da OPAS estão interligadas à internet por meio de suas respectivas home pages.